Romantismo - Parte II

 Álvares de Azevedo

Álvares de Azevedo é o melhor representante da Segunda Geração da Poesia Romântica, também chamada Mal-do-Século (referência à tuberculose, doença que matou a maioria dos jovens poetas desse tempo) ou mesmo  Byroniana (referência ao seu mentor, o inglês Lord Byron). Os textos desse grupo tiveram como características a melancolia, o tédio, o desencanto pela vida, a obsessão pela morte e outros aspectos mórbidos e malditos, como canibalismo, assassinato, necrofilia. Também se caracterizaram por expressarem um apego à infância e à família, além da idealização extrema da figura feminina, a ponto de ela aparecer ou no mundo dos sonhos, da fantasia amorosa, ou de forma pouco nítida (entre a neblina, sombras e afins).
No entanto, a qualidade de Álvares de Azevedo está na superação desses elementos, a começar pela coragem em trabalhar, ainda que discretamente, com imagens eróticas, como se percebe no poema “Soneto”. Além disso, o seu senso crítico permitia enxergar os exageros do Mal-do-Século, o que o fez assumir uma postura de deboche e até de paródia, notada em poemas como “É Ela, É Ela” e “Namoro a Cavalo”. Há quem diga que tal inteligência se devia ao fato de o poeta, jovem frágil, ter mergulhado nos livros. Esse argumento, contudo, só consegue justificar o caráter cerebral de sua poesia, que tem muito de análise, de cálculo. Daí a profusão de epígrafes em seus poemas, a revelar o universo de leituras do Bardo.
Outro elemento interessante em Álvares de Azevedo é o caráter prosaico de seus melhores textos. A linguagem assume um ritmo solto, fluente, natural, quase não dando para se perceber que se trata de versos metrificados. Sua temática é simples, cotidiana, como em “Idéias Íntimas”, em que o poeta está apenas descrevendo os objetos de seu quarto. Ou seja, Álvares de Azevedo produziu uma poesia que o manteve solitário em 1852, pois suas características só iriam surgir efetivamente com o Modernismo, principalmente em Libertinagem (1930), de Manuel Bandeira. Foi, assim, além do seu tempo ao provar que a verdadeira poesia não precisa buscar seu tema nas alturas e muito menos usar linguagem empolada.
Sua melhor obra é Lira dos Vinte Anos. Também escreveu um conjunto de contos macabros, reunidos sob o título de Noite na Taverna.

SONETO

pintura de Eugène Delacroix 
 
Pálida à luz da lâmpada sombria,
Sobre o leito de flores reclinada,
Como a lua por noite embalsamada,
Entre as nuvens do amor ela dormia!
 
Era a virgem do mar, na escuma fria
Pela maré das águas embalada!
Era um anjo entre nuvens d'alvorada
Que em sonhos se banhava e se esquecia!
 
Era mais bela! o seio palpitando
Negros olhos as pálpebras abrindo
Formas nuas no leito resvalando
 
Não te rias de mim, meu anjo lindo!
Por ti - as noites eu velei chorando,
Por ti - nos sonhos morrerei sorrindo!
  

:: Postado por Gaivota às 18h23
::
:: Enviar esta mensagem





Meu perfil
BRASIL, Nordeste, NATAL, Mulher, de 20 a 25 anos, Portuguese, English, Arte e cultura, Cinema e vídeo, Informática
MSN - Ask me!!!


Links

:: Uma história de amor!
:: A mais doce vampira...
:: Fada Azul
:: 14 Máscaras
:: Lindos poemas!!!
:: Fada Nortuna
:: Bonequinha
:: Comunicação Informal
:: By Flavinha
:: Café com Bolinho
:: Historinhas
:: Siga o coelho branco!!!
:: Blog da Sonia
:: Andrade Jorge
:: De caso com o acaso
:: Kild
:: Palavreando
:: Claudia Pit
:: Vendas com sucesso
:: Prologo de um sonho
:: Nosso mundo estranho
:: Sombras e Sonhos
:: Um sonho a mais!
:: Asas dos sentimentos
:: Daniel Henrique
:: Monolitos
:: Do massa
:: Anjo sensual
:: Doce Vida
:: Pearl
:: Cantinho da sol
:: Histórias do mundo
:: Sonho de bruxa
:: Coisas bárbaras
:: Todos buscam por algo
:: Vida Loka
:: Escrava da Alegria
:: Um homem sensível
:: Gil Filho
:: Fã do Charlie Brown Jr
:: Evelyns
:: El loco
:: Erocks
:: By Claudia
:: Aline "Meireles"
:: Jornal Blogacional
:: O Vale da Eternidade
:: By Claricce Storch
:: Poemas da Dare
:: Café com Bobagem
:: Nos bares da vida
:: Vida Diet
:: Poesias Mortas
:: Última Flor do Lacio
:: Critical Situation
:: Midiatico

Votação

Dê uma nota para meu blog

..:: INDIQUE ESSE BLOG ::..

16/07/2006 a 22/07/2006

12/03/2006 a 18/03/2006

05/03/2006 a 11/03/2006

19/02/2006 a 25/02/2006

12/02/2006 a 18/02/2006

05/02/2006 a 11/02/2006

29/01/2006 a 04/02/2006

22/01/2006 a 28/01/2006

15/01/2006 a 21/01/2006

01/01/2006 a 07/01/2006

11/12/2005 a 17/12/2005

20/11/2005 a 26/11/2005

13/11/2005 a 19/11/2005

06/11/2005 a 12/11/2005

30/10/2005 a 05/11/2005

23/10/2005 a 29/10/2005

02/10/2005 a 08/10/2005

25/09/2005 a 01/10/2005

18/09/2005 a 24/09/2005

11/09/2005 a 17/09/2005

04/09/2005 a 10/09/2005

28/08/2005 a 03/09/2005

21/08/2005 a 27/08/2005

14/08/2005 a 20/08/2005

07/08/2005 a 13/08/2005

31/07/2005 a 06/08/2005

24/07/2005 a 30/07/2005

17/07/2005 a 23/07/2005

10/07/2005 a 16/07/2005

03/07/2005 a 09/07/2005

26/06/2005 a 02/07/2005

19/06/2005 a 25/06/2005

12/06/2005 a 18/06/2005

Visitas

Créditos